segunda-feira, outubro 01, 2007

Rio Ave 2-1 Aves: Assim podemos sonhar!!!


POSITIVO
+ O Rio Ave fez contra o Aves a melhor primeira parte em casa desde que Carlos Brito deixou Vila do Conde, há 29 meses. O golo adversário despertou as nossas feras. Circulação de bola extraordinária com aproveitamento exemplar das subidas dos laterais, qualidade no passe, acutilância no remate que apenas a exibição de sonho de Rui Faria, com sucessivas intervenções milagrosas, impediu que se transformasse numa goleada épica. Assim sim, caros consócios, podemos sonhar.

+ Chidi confirmou finalmente as expectativas criadas na pré-época e podia ter carimbado um "hat-trick" ou até um "póquer". EVANDRO foi o MELHOR HOMEM EM CAMPO fez recordar os seus bons velhos tempos com a camisola do Rio Ave. Miguel Lopes e Milhazes partiram a loiça pelos flancos. Ronaldo rápido e combativo na frente. Bruno Mendes impecável ao lado de Danielson. O "turnover" de João Eusébio após o pesadelo de Vizela não podia ter resultado melhor.

+ Personalidade da equipa com menos um jogador em campo e, por uma vez, grande leitura de João Eusébio no banco. Delson tem de jogar neste Rio Ave e, ao lado de Niquinha (fez ontem 36 anos, parabéns!!!), formou uma dupla que encheu o campo e nunca deu a impressão que estávamos em inferioridade numérica. Viabilizado o 4x2x3 ofensivo, o Aves não teve descanso. e fomos nós que estivemos perto de voltar a facturar. O Rio Ave mandou na partida e nunca estivemos com as calças na mão. Substituições bem geridas, com Henrique e Keita a manterem a pressão sobre a defesa visitante e Vilas Boas a dar consistência defensiva na recta final.

FACTOS&DÚVIDAS
= Por causa do castigo ao Delson, o Milhazes tomou conta dos livres directos. Teve duas oportunidades e na segunda, rematando ao estilo do nosso médio brasileiro, enquadrou bem a bola na baliza, mas ainda sem grande perigo. Com o historial do Delson em golos nesta faceta decisiva do futebol actual, e ainda não nos esquecemos do seu grande tento frente ao Varzim na pré-temporada, trata-se de um ponto no qual João Eusébio deveria meditar: dar margem ao "Milhaz" para melhorar ou apostar na produtividade imediata do brasileiro?

= Fábio Coentrão esteve nas bancadas do Estádio dos Arcos. O bom filho volta sempre a casa. Boa sorte na Luz, Sasses. O espanhol gosta mais do "salero" dos argentinos, mas com a tua raça ainda vais dar a volta por cima.

NEGATIVO
- Vítor Gomes foi expulso no segundo tempo. Paulo Costa tem um historial de prejuízo do Rio Ave, mas desta vez não há nada a dizer. Agarrou um adversário que ia a fugir no primeiro tempo e teve uma entrada imprudente após o intervalo. O nosso jovem internacional, pelos vistos, não se tinha apercebido do primeiro cartão amarelo e criou uma rábula desnecessária, criando polémica e atrasando a saída de campo. No futebol profissional estes erros pagam-se caro, mas também são as dores de crescimento normais de quem aposta em jovens valores. Mais atenção para a próxima.

- Márcio Paiva deu uma balda incrível no golo avense, ficando a meio da saída, e voltou a repetir a graça no segundo tempo. Felizmente sem consequências funestas. César esteve bem como titular, não foi culpado da derrota em Vizela e deixou a baliza sem ter feito uma má exibição. Veremos qual será o critério da equipa técnica nesta posição específica, onde não temos um verdadeiro treinador de guarda-redes, para Freamunde.

- Olhando ao aspecto dos "stewards" que o Rio Ave contratou para esta temporada, à música que passa na instalação sonora e algumas beldades que se passeiam pelas nossas bancadas, é lamentável que não sejam distribuídos cartões de consumo à entrada com direito a pelo menos uma bebida. O ambiente de discoteca estaria perfeito. Só falta mesmo passarmos a jogar sempre ao sábado à noite, como se dizia que iria acontecer para fugirmos aos problemas levantados pelo vento forte. Uma ideia que, lá mais para a frente, pode dar bastante jeito.

6 Comments:

renato sousa disse...

Foi o segundo jogo que vi do Rio Ave e sinceramente gostei. Quando vi o onze inicial, só coloquei ressalvas nas posições de lateral direito e na de guarda-redes, mas dadas as condicionantes, penso que foi o melhor onze que se poderia apresentar. Uma boa primeira parte, com resposta rápida ao golo do Aves (pareceu-me que o Paiva foi mal batido) e com várias ocasiões de golo criadas por boas combinações na frente de ataque entre Evandro, Ronaldo e Chidi e os médios que apareciam de trás. Falhámos vários golos que com um pouquinho mais de sorte poderia ter dado em goleada e que no final íam-nos fazendo falta. Na segunda parte, após a expulsão do Vitor Gomes, a equipa esteve unida a defender e foi criando algum perigo sempre que podia. Quanto à expulsão, não sei se o Vitor chegou a tocar no adversário, mas a entrada é definitivamente para amarelo, não se compreende é como é que ele e muita gente do banco não sabiam ou aparentaram não saber que já tinha visto um amarelo na primeira parte. Acredito que o jogador não se tivesse apercebido do primeiro amarelo, após um ligeiro puxão a um adversário, porque o árbitro não o isolou e não reparei se o Vitor estava a olhar para ele quando levantou o amarelo, mas a equipa técnica tem a obrigação de avisar o jogador.
Mas o que interessa são os 3 pontos e não perder o comboio da frente, porque em termos de classificação, só nas últimas jornadas é que se define.
Vamos buscar mais 3 pontos a Freamunde.
FORÇA RIO AVE!

Hugo Anjos disse...

Completamente de acordo, Renato. Sempre defendi isso: sobe quem acaba bem, não quem começa bem. Mas depois de dois naufrágios consecutivos nas rectas finais de campeonatos, esta época vamos andar outra vez a pisar brasas. Só a título informativo, fechamos o campeonato assim:

Trofense (fora)
Varzim (casa)
Santa Clara (casa)
Feirense (fora)

Anónimo disse...

mesmo assim nao tou convencido acho k podiamos fazer melhor com o plantel k temos temos obrigação de subir em primeiro so nos falta um bom treinador, um com mais expriencia. so nao percebi a ausencia do andre serrão o melhor jogador nos ultimos 3 jogos. mas o jebio( eusebio) e k sabe. vamos la ver se continuamos com esta raça no proximo domingo. so assim acredito. força podemos jogar mal mas tendo raça vamos la

Anónimo disse...

RAUL VAI PA AGROS VENDER LEITE NAO VALES NADA SO SABES GAGUEJAR| ES UM OTARIO QUE ANDA AI A ESCONDER SE ATRAS DSE NOME NOS BLOGS ES UMA MERDA

Anónimo disse...

vai sonhando....

Anónimo disse...

parabens á equipa que deu 1 autentica liçao d futebol ao aves. Fomos melhores e mereçemos vencer. Desde o jogo da Povoa no ano passado que nao jogavamos assim, e antes disso so no tempo do Brito.
SO queria dizer que é uma vergonha nao nos deixarem ver o joga na bancada coberta com a quota mais barata. Vao ter o estadio as moscas em tempo de chuva. É tambem vergonhoso os adeptos nao serem revistados antes dos jogos. Para que ter la os stewards se este nao fazem nada?????