quinta-feira, maio 17, 2007

Carlos Brito poderá estar de volta


Notícia publicada no jornal "O Jogo"


Carlos Brito poderá estar de regresso ao comando do Rio Ave. A mais que provável saída de João Eusébio pode abrir a porta ao técnico que deixou o Rio Ave há duas épocas para treinar o Boavista. Para João Eusébio, a recepção ao Vizela deverá ser o último jogo à frente dos vila-condenses. Recorde-se que o técnico pegou no Rio Ave já na recta final da época passada, substituindo António Sousa, e com o objectivo de tentar ainda a permanência no escalão principal. Já esta época, após um início pouco feliz, conseguiu comandar a equipa a uma recuperação brilhante na tabela, contabilizando mesmo 17 jogos sem perder, que colocou o Rio Ave na liderança do campeonato. No entanto, nos últimos quatro jogos, a equipa somou igual número de derrotas, acabando por perder a liderança e um lugar de subida, desaire ao qual não deverá resistir e que culminará com a saída de João Eusébio no final da época.

A confirmar-se este cenário, Carlos Brito deverá fazer-se acompanhar do adjunto de sempre, Lúcio, a que poderá juntar-se o filho deste, Eduardo Esteves, actual preparador-físico do Varzim.

PS: Carlos Brito é um excelente treinador e os leitores do BdRA parecem encarar com bons olhos o seu regresso ao Rio Ave. Após votação de 71 leitores - recorde-se que a votação nesta sondagem BdRA estará aberta até amanhã às 18h - os resultados dão uma confortável vantagem a Carlos Brito sobre a concorrência (23 votos, 32% das preferências). No entanto, nomes como Rogério Gonçalves (18%) ou Domingos Paciência (15%) também parecem agradar à comunidade rioavista. João Eusébio - apesar do voto de dez dos seus indefectíveis (14%) parece que, à imagem da vontade da Direcção, deixou de ser o homem desejado pelos rioavistas para a condução do plantel principal do nosso clube. A partir do próximo domingo a Direcção, depois do jogo frente ao Vizela, terá todas as condições para optar por um novo treinador. Uma figura capaz, ambiciosa e enquadrada no espírito e alma rioavistas.

6 Comments:

Anónimo disse...

É impressionante, a vida dá muitas voltas!!!
Volta Carlos, volta, mas pelo mesmo preço com que saíste!!!
Ou mais caro?
Sabiam que a actual equipa técnica em salários não valia mais do que 6 mil euros, que o Rio Ave não pagava prémios de jogo?

Quanto virá ganhar o Carlos Brito?
Com a vinda do Carlos Brito, voltará a haver prémios de jogo?

Desculpem esqueci-me que agora já há dinheiro!!!
E agora é fácil voltar mas por quanto? com que equipa técnica, com que jogadores?

O Carlos Brito com Salários de 10 ou 15 mil euros por mês custará ao Clube entre 140 e 210 mil Euros(aproximadamente 42 mil contos ) por ano fora equipa técnica...
Será que todos querem que ele volte?
Eu acho que não! A não ser que o amor que ele diz que tem seja realmente grande e ele volte a ser humilde, e aceite ordenado por objectivos!!! Aí eu já aceitaria o seu regresso!!! E vc’s?

Rio Ave sempre!!

JhonnyGel disse...

1º - Não nos podemos esquecer que os desaires de hoje começaram com a má planificação de António Sousa e até acredito que Eusébio tenha sofrido as consequências disso!

2º - O que o anónimo refere tem lógica, mas será que vale mesmo a pena apostar no plano financeiro em deterimento do plano desportivo??? Ou será melhor investir e ter um RAFC de 1ª com mais receitas????

Anónimo disse...

E nós estamos em condições de investir?
Ou segundo o presidente estamos em contenção e por isso estamos a apostar na prata da casa????
-Mas com o Carlos Brito já é possível investir sem dinheiro não é?
...Ora bolas, tivessem investido no defeso em Dezembro sem dinheiro, e hoje estaríamos aqui a pedir que o Eusébio ficasse porque tínhamos subido, ou não seria!!!!
E porque não se investiu em prémios de jogo? Porque razão se retirou os prémios de jogo quando estávamos a ganhar e não se voltou a dar quando estávamos a perder?

Quem é que entrou no balneário no final do jogo com o Portimonense e destabilizou a equipa, por completo? Não terá sido isso que valeu 4 derrotas?

Pois é, é fácil INVESTIR, sem deixar os outros entenderem o que se passou...
- Agora vem outro… - amanhã tudo está esquecido, e fica tudo bem porque já temos dinheiro... do Fábio, mas atenção este acaba depressa!!!
NÂO, não vou esquecer que houve erros grosseiros desta direcção, e presidente da assembleia geral! Disse!

Afonso Henriques disse...

não sei onde o JN foi buscar essa notícia que o Eusébio não fica. o homem levou o troféu de treinador do ano (não sei se pelas 5 derrotas consecutivas da época passada ou pela série de 17 jogos sem perder desta época). então ele leva um troféu e na semana a seguir já não presta? se ele não ficar tornar-se-á claro que existe falta de carácter na direcção. dá-se troféu por dá aquela palha, para atirar areia aos olhos, ou como quem dá um torrão de açúcar.
e se no final desta época o Eusébio for anunciado como treinador para a próxima época não ficarei admirado. isto parece-me mais jogo da direcção para desviar a atenção de nós todos sobre o que se vai passar. e lamentavelmente ficamos sempre a saber do que se passa no nosso clube através de outros órgãos de informação que não o site. já está a ser assim com o futuro estádio. costuma-se dizer que o segredo é a alma do negócio mas é preciso lucidez para distinguir negócios de negociatas.
se houve convite aos elementos do clube por parte dos jornalistas da linear para ajudar esclarecer aos sócios/adeptos sobre esta época e se esse convite foi recusado, espero sinceramente que não hajam puxões de orelhas a esses jornalistas.
já sei, estou a ver fantamas.

Afonso Henriques disse...

ora vejam estas preciosidades no site da direcção (acho que vou passar a chamar assim a partir de agora)

http://www.rioave-fc.pt/engine.php?id=442 (até aqui tudo bem, depois um gajo clica aqui e vê como aquilo anda) http://www.rioave-fc.pt/engine.php?cat=53

acredito que o problema não seja meu, mas se for desde já apresento a minhas desculpas.

Hugo Anjos disse...

Desculpem-me, mas não dou credibilidade a esta notícia. Em primeiro lugar, porque o Carlos Brito não vai aceitar tão depressa um projecto na Liga de Honra quando ainda possui algumas possibilidade de continuar no escalão principal, sabendo ele que se regressar ao Rio Ave depois de não ter concretizado plenamente os seus objectivos no Boavista e no Nacional poderá ficar definitivamente marcado como técnico de um só clube.
Se fosse possível, era o meu escolhido, mas infelizmente é só ler a notícias com atenção para percebermos que não contém um único detalhe que confirme os factos relatados, ficando pelas conjecturas. Continuo à espera que o presidente se pronuncie sobre o assunto, o que, naturalmente, só deve acontecer após o jogo com o Vizela.