sexta-feira, janeiro 26, 2007

Milhazes diz que não festejará o golo que vai marcar na Póvoa!!!

Formou-se como futebolista no Varzim e, em partidas oficiais, nunca jogou na pele de adversário no estádio onde nasceu para o futebol. Milhazes vai sentir uma “sensação um pouco estranha” no dérbi da Póvoa, marcado para domingo. “Estava habituado a ouvir os sócios a incentivarem-me quando fazia o corredor esquerdo e desta vez, se calhar, vou ser assobiado, mas temos que estar preparados para tudo no futebol”, explica o lateral-esquerdo que, nas últimas três temporadas, ao serviço de Varzim, Boavista e Rio Ave, jogou sempre na primeira Liga. Agora, para os vila-condenses continuarem a sonhar com o regresso ao convívio dos grandes, é “muito importante” vencer na Póvoa.
Mas Milhazes não esquece quem lhe deu a mão. Por isso, garante: "Se marcar um golo, e por respeito ao clube a uma fantástica massa associativa, não vou festejar”.

PS: Pessoalmente, gostei mais de ver o Luís Coentrão tirar a camisola do Rio Ave e mostrá-la ao sector mais ferrenho dos adeptos polacos quando marcou no "galinheiro" poveiro em 1997/98, numa atitude que quase ia provocando ataques cardíacos em alguns anti-rioavistas militantes que por lá pairam. Mas pronto, desde que o Milhazes volte a molhar a sopa, até lhe perdoamos o facto de não comemorar o golo. Tá descansado, rapaz, a gente comemora por ti lá na bancada. Desde que no final nos venhas atirar a camisola a nós, não te enganes, fica tudo em família.

6 Comments:

Moisés Cambola disse...

Força Milhazes! Faz o golo, e nós não nos importamos que não o festejes, pois o mais importante é marcares o golo...
Força rapazes, Força Rio Ave, vençam o jogo, honrem o verde e branco, que nós adeptos faremos a festa.
Adeptos do Rio Ave, vamos aderir em peso, façamos da nossa moldura humana uma mais valia, faremos com que o Rio Ave se sinta a jogar em casa na "gamelinha"...
Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave! Força Rio Ave!

ANTI-MILHAZES disse...

Mas que vem a ser isto afinal!!!!!!! Tou farto destes pseudo amantes de clubes. S ele gostava tanto do varzim que tivesse la ficado, faz me lembrar um outro, Miguelito, que tb n festejou o seu golo... mas festejou o primeiro.

Olha agora o Simao, por exemplo nao festejar cntra o Sporting!!!

Haja mas é um certo respeito pelo clube que lhe paga ao fim do mes, mas que deduzo que seja por esse motivo, pelo dinheiro, que esse poveiro de meia tigela nao se encontra no seu dito clube do coraçao.

Bem e nao me vou prolongar muito mais que se nao começa para aqui a dizer impropérios que a acho que esse lambe botas nao o merece.

Sem mais,

VIVA A RENDILHEIRA VIVA O RIO AVE

P.S - E por favor senhor Joao tente ao menos tentar ganhar com o Varzim é uma questao de orgulho. Até os comemos

Hugo Anjos disse...

É isso: exigimos um jogo de raça onde o Rio Ave deixe a pele em campo. Senhor treinador, tenha coragem: Fábio Coentrão e Keita de início. Se isso acontecer, vamos ganhar. FORÇA RIO AVE!!!!!

lucho disse...

Saudações desportivas...se quiserem ver análises aos 4 jogos grandes deste fim de semana a começar já hj com um leiria-porto podem passar pelo blog do lucho...um desse jogos é o varzim-rio ave..

Anónimo disse...

Cá ficamos à espera do golo do milhafre, desculpem do Milhazes...

depois falamos ok????

cá esperamos!

Anónimo disse...

Mas quem é o Milhazes??? Mt fraco mesmo... Inda por cima polaco... Isto com o Eusébia e os outros dois k se dixem adjuntos vai de mal a pior... Simplesmente anedótico... Cm é k é possível este Milhazes tar no plantel d Rio Ave????

Não admira k com esta direcção, equipa técnica e alguns jogadores sem o mínimo de qualidade pa estar numa liga profissional, já cada vez menos vilacondenses se desloquem ao Estádio pa ver os jogos d Rio Ave!!